Como Escolher um Sistema para Ótica: 4 passos para a decisão perfeita

Por Beatriz Tiba

Buscando modernizar os processos de compra, venda, estoque e finanças da ótica, os empresários, gestores e gerentes optam por investir em um sistema para óticas. Por isso, aqui você verá como escolher um sistema para ótica.

Mas primeiro, é preciso analisar e conhecer bem quais as necessidades da sua ótica, de forma que facilite o processo de escolha de uma solução inteligente e adequada ao dia a dia, para informatizar a gestão da sua ótica no mercado.

Em um ambiente extremamente competitivo, possuir boas ferramentas de gestão e usá-las adequadamente pode fazer toda a diferença.

Escolher um sistema de gestão

Você sabe o que você deve considerar e como escolher um sistema para a sua ótica?

Antes mesmo, todo empresário deve fazer a revisão dos processos e das regras de seu negócio, necessidades e objetivos definidos, a qualidade e competência da equipe, treinamentos, suporte, etc.

Dos quais destacamos pilares fundamentais: planejamento, funcionalidades, atendimento e preço.

Faça o planejamento

Antes de fechar o contrato e apostar em um sistema para óticas, avalie se a empresa desenvolvedora tem um sistema exclusivo para óticas. Pois, é necessário que o sistema possua características específicas do segmento, possa se adaptar melhor e garantir resultados mais lucrativos para você.

Outra dica essencial, e que você deve estar atento, é o suporte técnico e o treinamento na hora da implantação do sistema, afinal, se você tiver quaisquer problemas, saber que você sempre terá um suporte pronto para te atender, é indispensável!

Funcionalidades essenciais para escolher

Cada empresa possui necessidades específicas, por exemplo, a demanda de uma grande rede de óticas é totalmente diferente de um varejo de menor porte.

Desse modo, é preciso avaliar as opções de software de gestão disponíveis no mercado e optar por aquele que traz mais benefícios para a sua ótica, de acordo com as suas necessidades.

Antes de escolher um sistema de gestão é indispensável que para você, como empresário ou como gestor do negócio, esteja claro quais problemas quer solucionar, para isso, reúna seu time de colaboradores ou gerentes e faça uma lista destes problemas e procure encontrar as melhores soluções.

Atendimento

Neste momento, você precisa buscar informações sobre a experiência de outras empresas na contratação e uso do software de gestão, pergunte-lhes:

  • O sistema atende as necessidades da empresa?
  • Ele costuma travar ou sair do ar com frequência?
  • As telas são intuitivas ao uso?
  • Vocês precisam acionar o suporte com muita frequência para solucionar problemas que próprio sistema apresenta?
  • Qual é a qualidade do atendimento e do suporte?
  • A empresa de software está aberta a melhorias e sugestões de mudanças?

Na posse dessas informações, você poderá identificar os pontos fortes e fracos de cada sistema de gestão que avaliou. Isso certamente dará o respaldo necessário para tomar a melhor decisão na hora de contratar um serviço de software.

Com esses dados, será capaz de verificar a qualidade no atendimento, que também é um ponto importante, pois essa assistência é necessária desde a abordagem do cliente no ato da compra, no treinamento e, posteriormente, no suporte.

A maioria das empresas de sistemas oferecem o teste gratuito, por um determinado período de tempo, o que possibilita conhecer as funcionalidades da ferramenta antes de realizar a contratação do serviço.

Com o teste você poderá fazer a avaliação da qualidade do sistema, do atendimento, suporte e outras questões importantes referentes ao fornecedor dessa plataforma.

Preço

Outro pilar que deve ser considerado é o preço, faça uma pesquisa dos valores cobrados pelos concorrentes de produtos similares, desconfie de valores abaixo do convencional, analise e compare a qualidade.

“Como saber qual a estimativa do valor a ser pago?”

No mercado, você encontrará várias opções de valores, porém, é importante você levar em conta o tamanho do seu empreendimento, quais seus objetivos e, principalmente, qual a estimativa de investimento para a contratação do sistema.

Existem diversas maneiras de obter a licença de uso do sistema, efetuando contratos de locação, em que o usuário paga mensalmente ou anualmente, variando os valores de acordo com as categorias adquiridas.

Saiba de fato como escolher um sistema para ótica

Alguns softwares oferecem a possibilidade de customizar as ferramentas dos sistemas, de acordo com as necessidades dos clientes, porém, essas personalizações podem gerar custos, já que será necessário modificar os módulos para atender especialmente esse consumidor.

Aliás, não adianta adquirir um sistema eficiente, com bom atendimento, mas por um valor que vai comprometer o fluxo de caixa, pois vai atrapalhar o bom gerenciamento dos negócios.

Então, não tenha pressa em escolher e nem optar pelo valor mais em conta ou mais caro, mas por aquele que obteve o melhor custo-benefício.

Para saber mais características importantes das quais você precisa avaliar em um sistema de gestão, baixe agora mesmo nosso e-book gratuito e específico para óticas.

Acesse para baixar o e-book: Sistema de Gerenciamento de Óticas.


Kero Ótica

Quer simplificar processos, tomar decisões assertivas e aumentar seus resultados?
Conheça o Kero Ótica que dispõe de uma plataforma que simplifica os processos de venda, estoque, finanças, caixa e muito mais.

O sistema auxilia o gestor na tomada de decisões, e pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso de um negócio, com o melhor custo-benefício para a sua ótica. Aproveite e faça o Teste Gratuito!

Mais informações e conteúdos: Kero Ótica.

Última atualização: 14/04/2020.

Referências

KERO ÓTICA. Sistema de gestão especialista em óticas. Disponível em: <https://kerootica.com.br/>. Acesso em: 03 jan. de 2018.

SEBRAE. A importância dos softwares de gestão no varejo
de óticas. Disponível em: <https://bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/2fc6baf46491b43543c4c291f3eba571/$File/7134.pdf>. Acesso em: 04 out. de 2018.