O Futuro do Mercado de Ótica Pós-Pandemia

Por Gabriela Ramos

A pandemia da Covid-19 afetou muitos setores do comércio, trazendo insegurança a muitos empreendedores. Aos poucos a economia está retomando seu fluxo normal, mas ainda existe aquela dúvida: e agora? O que vai acontecer no futuro do mercado de ótica?

No setor óptico as coisas não são diferentes, com mais de 86 mil redes de óticas por todo o país, os empresários precisaram pensar em novas estratégias para não deixarem que a pandemia levasse seus negócios a estaca 0.

Os novos jeitos de atrair os clientes

Uma das principais táticas para manter seus consumidores ativos foi a utilização de novos canais digitais para chamar a atenção do consumidor. Sem poderem irem às lojas físicas, devido ao distanciamento social, muitos clientes só tiverem um atendimento de forma online, um método que se mostra cada vez mais eficiente e que expandiu durante o período de quarentena. 

Meios digitais mais utilizados durante a pandemia

De acordo com dados da ABCOMM (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), entre os meses de março e maio mais de 107 mil novas lojas virtuais foram abertas. Enquanto a média de lojas físicas abertas antes da pandemia era de 10 mil por mês.

As vendas por WhatsApp também cresceram significativamente. Junto com interações via Instagram, como por exemplo, havendo um aumento de 70% no número de lives realizadas na plataforma.

Com todas as mudanças estabelecidas para a segurança durante o período de pandemia, o atendimento presencial mudou totalmente. Assim, foi necessário investir em treinamentos à equipe de vendas para lidar com os clientes de maneira segura e responsável.

Tendências da moda no setor óptico

Com toda a segurança possível, é hora de investir nas tendências do futuro do mercado de ótica para o próximo ano! A aposta para o ano de 2021 são nas armações no estilo gatinho, retangular, branca e arredondada, seguindo as tendências que foram o foco do ano de 2020

Gostou das dicas? Acesse nosso Blog e veja mais conteúdos exclusivos para o mercado óptico no Brasil.

Até mais!